Outubro ou nada: a potência política do teatro

O teatro é político e nunca deixou de ser. Não porque se reveste de uma posição partidária ou ideológica, mas sim por expor de maneira tão humana as tramas e contradições do poder que afeta e rege a vida de todo cidadão, mesmo aquele que se diz descrente na política e seus meandros. Não à … Continue lendo Outubro ou nada: a potência política do teatro

quero saber quem sou quando nela estiver

A frase título do escritor José Saramago foi uma das provocações de um grupo de artistas de Porto Alegre que me trouxe até aqui e me levou até uma inesperada viagem num sábado vespertino de agosto. Num agosto de 2019 comecei o blog centatxt com a publicação de um comentário sobre Tiger balm do Coletivo … Continue lendo quero saber quem sou quando nela estiver

Cartas para uma Extraterrestre: para vagar pelo espaço com o corpo que habita

Num agosto de 1960 era lançado em órbita o primeiro satélite para comunicação, o Echo 1. E nesse agosto de 2022 escrevo sobre uma performance que sintonizou corpos pós pandemia, questionando as mensagens que enviaríamos a uma habitante de outro planeta. Cartas para uma extraterrestre teve sua estreia em julho no atelier Museu do Trabalho … Continue lendo Cartas para uma Extraterrestre: para vagar pelo espaço com o corpo que habita

Embriaguez dionisíaca pouca é bobagem: Grupo Cerco traz excelência,crítica e diversão

Coisa que sempre me fascinou no mito grego de Dionísio foi seu aspecto divino que não era algo inacessível, e nos rituais com música, dança e uma boa cota de alguma bebida alcoólica, no caso o vinho, podia sentir-se tão poderoso quanto o próprio deus. Por isso não à toa seu vínculo com a celebração … Continue lendo Embriaguez dionisíaca pouca é bobagem: Grupo Cerco traz excelência,crítica e diversão

De Profundis – Epístola: In Carcere et Vinculis: quando já não resta nada

Levar ao palco o texto De profundis, Oscar Wilde é uma corajosa, necessária, densa e extremamente entusiasta escolha de Dilmar e Gabriel Messias, em tempos de pós-pandemia(?!) e de um país e mundo de retrocessos conservadores por todos lados. E por isso restam apenas duas apresentações imperdíveis no Teatro Renascença da Porto Alegre invernal. Foi … Continue lendo De Profundis – Epístola: In Carcere et Vinculis: quando já não resta nada

Nossa Broadway tupiniquim, para alegria de Mario de Andrade

Já relatei uma vez numa matéria na extinta Revista Aplauso o quanto a obra da coreógrafa Carlota Albuquerque foi referência para eu começar a pensar numa produção local de dança tão fascinante e instigante e ousar ser uma bailarino tardio e um encenador de dança. E foi com a obra Lautrec, fin du siécle lá … Continue lendo Nossa Broadway tupiniquim, para alegria de Mario de Andrade

CFI Os Gaúchos: tradição que se renova e encanta

No dia 29 de abril, em comemoração ao Dia Internacional da Dança pude voltar a assistir no palco o Conjunto Folclórico Internacional Os Gaúchos no Teatro Renascença. A ocasião por si só já estaria revestida de relevância cultural. Tínhamos a reabertura de um espaço público municipal extremamente importante. Tínhamos a data que internacionalmente se comemora … Continue lendo CFI Os Gaúchos: tradição que se renova e encanta

A arte e a cura de todos nós

https://youtu.be/oXUAcz3sF-g Assisti ao espetáculo Cura, da Cia Deborah Colker na última quinta-feira, 17, em sessão especial para projetos artísticos e sociais, permitindo jovens e artistas conferirem gratuitamente o espetáculo. Essa apresentação mobilizou mais do que uma apreciação estética. Foi minha primeira ida ao teatro desde o começo da pandemia. E, portanto, impossível avaliar o impacto … Continue lendo A arte e a cura de todos nós

Eva Schul: múltiplas personas dançantes para começar o ano em grande estilo

https://youtu.be/3rObXDNVfLc O ano começa bem, em dose dupla, com as muitas personas dançantes da coreógrafa Eva Schul. No sábado dia 15 tivemos a esteia de Persona - Estudos de criação em obras coreográficas, composta por duas performances: AUTOIMAGEM, com Geórgia Macedo e Viviane Lencina e MACHO HOMEM FRÁGIL, com Eduardo Severino. O projeto teve o … Continue lendo Eva Schul: múltiplas personas dançantes para começar o ano em grande estilo