Os olhos vêem mas tá míope o coração: a hora e a vez de Suely Machado

Das gratificantes surpresas que todo esse contexto on-line nos trouxe, garimpo aqui a sútil e comovente performance Projetando Memórias, que a coreógrafa mineira Suley Machado nos presenteou no dia 8 de setembro na programação do #emcasacomosesc. Tudo tem início com aquele corpo de mulher em seu quarto, partilhando uma intimidade entre travesseiros e espelhos. Cada … Continue lendo Os olhos vêem mas tá míope o coração: a hora e a vez de Suely Machado